Protesto na embaixada brasileira em Londres cobra buscas por dupla no Amazonas

Protesto na embaixada brasileira em Londres cobra buscas por dupla no Amazonas


Uma manifestação, realizada em frente à Embaixada do Brasil em Londres, capital inglesa, nesta quinta-feira (9), cobrou respostas pelo desaparecimento do jornalista britânico Dom Philips e o indigenista Bruno Pereira no Vale do Javari, no Amazonas.

Phillips, freelancer que já trabalhou para o The Guardian, o Washington Post e outras publicações, e Pereira, ex-funcionário da Fundação Nacional do Índio (Funai), desapareceram na selva amazônica no domingo (5).

Os irmãos do jornalista, Sian e Gareth Phillips, juntaram-se a manifestantes do lado de fora da embaixada brasileira nesta quinta-feira.

Phillips e Pereira estavam em uma viagem de reportagem no Vale do Javari, uma área de selva remota que abriga o maior número de indígenas isolados do mundo, além de gangues de contrabando de cocaína e caçadores e pescadores ilegais.

O governo federal despachou equipes da Marinha, Exército e Polícia Federal para se juntar a uma busca pela dupla em uma vasta reserva indígena com uma área maior que a Áustria, mas grupos locais criticaram as forças de segurança pela demora no envio de auxílio.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.